Kalil mantém vantagem na disputa para a Prefeitura de VG

Lázaro Thor Borges.

O candidato à Prefeitura de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), continua à frente na preferência do eleitorado local com 48,53% dos votos válidos, de acordo com nova rodada de pesquisa do Instituto Gazeta Dados.

Gazeta Dados

Em comparação com a primeira pesquisa no município, divulgada em outubro, Kalil, que é apoiado pela atual prefeita Lucimar Campos (DEM), permanece liderando as intenções de voto na modalidade estimulada, mas com uma diferença menor em relação ao segundo colocado, Flávio Frical (PSB), que subiu para 35,29% dos votos válidos.

Neste cenário, como Várzea Grande não possui segundo turno, Kalil Baracat venceria as eleições. Em terceiro colocado nesta disputa está o filho do prefeito de Cuiabá, o candidato Emanuelzinho (PTB), que possui 14,71% dos votos válidos. Está à frente apenas de Miltão (PSOL), com 1,47%.

Para se chegar ao percentual de votos válidos, desconsideram-se os índices de brancos e nulos e os de não sabe e/ou não responderam. São os votos válidos que, na apuração geral, definem quem vencerá o pleito de 15 de novembro.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MT) sob o número MT-04620/2020 e realizada entre os dias 29 de outubro e 1 de novembro. A margem de erro da pesquisa é de quatro pontos percentuais para mais ou para menos.  

Comparativo

Também na modalidade estimulada, mas considerando o índice de brancos, nulos e dos indecisos,  Kalil Baracat possuía 32% das intenções de voto na primeira pesquisa Gazeta Dados, realizada entre os dias 10 e 12 de outubro.

Na nova pesquisa, realizada entre os dias 30 de outubro e 1 de novembro, Baracat chegou a 33%. Com a margem de erro, o candidato do MDB em Várzea Grande fica com resultado entre 29% e 37% das intenções de votos.

O melhor desempenho do período foi do candidato da oposição, o empresário Flávio Frical (PSB), que aumentou em 8% suas intenções de votos na pesquisa estimulada. Flávio tinha 16% na pesquisa Gazeta Dados realizada entre os dias 10 e 12 de outubro.

Na nova pesquisa, realizada entre os dias 30 de outubro e 1 de novembro, o empresário registrou 24% de intenções de voto. Com a margem de erro, as intenções de votos de Flávio Frical  fica entre 20% e 28%. Emanuelzinho (PTB) e Miltão (PSOL) não evoluíram no intervalo entre as duas pesquisas. As intenções de voto de Emanuelzinho estavam em 10% na primeira Gazeta Dados realizada e permaneceu assim na pesquisa concluída em 1 de novembro. Miltão também continuou com 1%.

O número de pessoas que não escolheu em quem votar ainda é alto em Várzea Grande. Ao todo, 27% dos entrevistados não souberam ou não responderam a última pesquisa estimulada e 5% disseram que votariam branco ou nulo. Na pesquisa anterior, esse índice era de 33% e 8%, respectivamente.

O candidato mais rejeitado é Emanuelzinho. O filho do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), possui uma rejeição de 29%, o dobro da rejeição de Kalil Baracat, que é de 14%. Flávio Frical, que está em segundo lugar nas intenções de votos, é o menos rejeitado com 7% e Miltão é o terceiro mais rejeitado com 9%. Quanto à rejeição, a pessoa que responde à pesquisa pode escolher mais de um nome na lista.  

Pesquisa espontânea

Na pesquisa espontânea Kalil Baracat também vence. Ele é o preferido de 28% dos entrevistados. Houve um aumento com relação a pesquisa anterior, quando 25% das pessoas ouvidas disseram que votariam no emedebista. Flávio Frical tinha 13% das intenções de votos e este número subiu para 21%. Com a aplicação da margem de erro na pesquisa espontânea, Frical tem entre 25% e 17% e Baracat tem entre 24% e 32%.

Gazeta Dados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *