Prova do Enem será aplicada em versão digital a partir de 2020, diz MEC.

Estimativa é que o exame em formato impresso seja completamente substituído pelo digital até 2026; projeto piloto deve ter aplicação de 50 mil provas.

Por Natália Oliveira | Siga pelo twitter @otempo
03/07/19 – 09h52

Em 2021 novidade começa a ser implantada

Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) será aplicado em versão digital a partir de 2020. A novidade foi anunciada pelo Ministério da Educação (MEC) durante entrevista coletiva na manhã desta quarta-feira (3), com o presidente do  Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Alexandre Lopes, e com o ministro da Educação, Abraham Weintraub. 
“A previsão inicial é que 50 mil provas digitais sejam aplicadas no projeto piloto e a aplicação será realizada em dois domingos: 11 e 18 de outubro de 2020. O exame digital será opcional no ano que vem e o estudante poderá escolher pelo Enem Digital no ato da inscrição”, afirmou o presidente do Inep. 
O projeto piloto do Enem Digital não vai excluir a realização de provas em papel em 2020. Serão aplicadas as provas regulares do exame em 1º e 8 de novembro. As provas digital e física terão questões diferentes e os resultados serão divulgados na mesma data.

Totalmente digital até 2026
A estimativa é que o exame em formato impresso seja completamente substituído pelo digital até 2026 e a expectativa do Ministério da Educação é reduzir os custos para aplicação da prova.
“A previsão é que o projeto custe R$ 20 milhões em 2020. Os gastos envolvem a implantação do modelo e aplicação da prova”, afirmou, Alexandre Lopes, presidente do Inep. Atualmente, segundo ele, o governo desembolsa R$ 400 milhões para aplicar o Enem. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *